Grandes nomes da Moda

Hoje em dia, tudo gira em torno da Moda: tendências, estilo, identidades e criatividade. A Moda é o que é hoje, pela referência de grandes nomes que fizeram do simples “vestir” algo importante e valorizado. Nomes que são ditos, que são vestidos e que são símbolos de bom gosto e de luxo.

Coco Chanel

Foi uma grande estilista francesa. Uma das mais importantes em referência na Moda. Era uma mulher que pensava á frente de seu tempo. Criou inovações e deu uma reviravolta nas vestimentas femininas daquela época.

Imagem Via  Armazém dos Pensamentos

A década de 20 foi seu auge. Suas criações eram feitas inspiradas na liberdade da mulher, fazendo com que elas usassem peças masculinas sem perderem sua feminilidade. Mostrava uma mulher forte, decidida e confiante de si mesma. Até hoje, Chanel é sinônimo de glamour e ostentação.
Parte de sua história virou filme, e foi lançado no ano de 2010, com Audrey Tautou, atriz francesa, interpretando o papel principal.

Informações Via Wikipedia 

Christian Dior

Outro estilista francês de grande sucesso, Christian Dior transformou a maneira de se vestir após a Segunda Guerra Mundial. Quando todos previam simplicidade e o conforto, ele propôs o luxo e a feminilidade extrema, copiados por mulheres do mundo inteiro.

Imagem Via Sacola Phyna

Foi em 1947 que Christian Dior apresentou sua primeira coleção, batizada de “New Look”. Ao contrário da moda prática de Chanel, o “New Look” era, basicamente, composto por saias amplas quase até os tornozelos, cinturas bem marcadas e ombros naturais.

O modelo que se tornou o símbolo do “New Look” foi o “tailleur Bar”, um casaquinho de seda bege acinturado, ombros naturais e ampla saia preta plissada quase na altura dos tornozelos. Luvas, sapatos de saltos altos e chapéu completavam o figurino impecável.
Informações Via Almanaque Folha


Imagem Via Inspired by Kelly

Mary Quant

Responsável pelo símbolo da vanguarda durante os anos 60 e70, a estilista Britânica Mary Quant criou a peça o diminuto pedaço de pano que mudou o guarda-roupa feminino de várias gerações: a minissaia.

Imagem Via Blog de Nmamatsumo

Em1966, arainha Elizabeth II a condecorou com a Ordem do Império Britânico. Aos poucos, Mary Quant abriu 150 filiais de sua loja na Inglaterra, 320 nos EUA e milhares de pontos de venda no mundo todo. A butique Bazaar se tornou o símbolo de jovens em todo o mundo.

Informações via Wikipédia 

Imagem Via Kayaken

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s